top of page

Tipo de Vinho : Branco, seco, tranquilo, com 
Indicação Geográfica “Minho”.
Casta : 100% Arinto. Esta casta é também conhecida, 
em Castelo de Paiva, como Chapeludo.
Vinha : Plantada há cerca de 20 anos no Lugar de 
Fundões, em Castelo de Paiva.
A vinha encontra-se a uma altitude aproximada de 200m, 
sendo a sua exposição solar maioritariamente a 
sul/sudoeste.
Esta vinha está certificada no Modo de Produção 
Integrada.
 
Solo : Apresenta uma textura média, com natureza predominantemente granítica e afloramentos de xisto. 
A sua reação é ligeiramente ácida.
Ano vitícola : Ano com o abrolhamento ligeiramente adiantado. Floração também adiantada, mas com 
o Pintor na época normal. Maturação com temperaturas bastante amenas, o que originou mostos com um 
teor de açúcar médio e uma acidez muito equilibrada.
Vindima : Manual com seleção de cachos, transportados para a adega em caixas ventiladas de 20kg. A 
vindima realizou-se durante a terceira semana de setembro de 2020.
Vinificação : Desengace dos bagos,seguido de prensagem numa prensa de vara do séc. XIX. Decantação 
estática. Fermentação apenas com leveduras indígenas, em barricas usadas de carvalho francês, sem 
controlo de temperatura. Após a fermentação,seguiu-se um estágio sobre borras finas, nas mesmas barricas, 
durante cerca de 9 meses, com batonnage. Suave filtração e engarrafamento no dia 27 de agosto de 2021,
tendo em conta o calendário biodinâmico. Daqui resultou um vinho de intervenção mínima.
Produção limitada : 1.367 garrafas de 0,75L.
Vedante : Rolha de cortiça natural, qualidade Extra, 45mm de comprimento e 26mm de diâmetro, 
inspecionada segundo o processo DS100 da Cork Supply (para deteção e rejeição de rolhas com TCA).
Informação analítica : Álcool: 13%/vol. ; Acidez total: 6,2 g/L ; pH: 3,37 ; Açúcares totais: 1,5 g/L; 
SO2 total: 54 mg/L.
Notas de prova :
Cor: palha com boa intensidade e reflexos citrinos.
Aroma: puro, expressivo e complexo. Sobressaem os aromas a flores amarelas, frutos citrinos maduros 
(limão), ervas aromáticas (funcho, tomilho limão) bem envolvidos por notas de especiarias (pimenta branca 
e baunilha). Ligeiras sensações minerais.
Paladar: seco, com um ataque envolvente e muito bom aroma de boca. Acidez fina e equilibrada que age 
como coluna vertebral do vinho, conferindo-lhe um longo final (salivante). Vinho com tensão e muito 
gastronómico.
Sugestão de consumo : Deverá ser apreciado entre os 12 e os 14°C, preferencialmente em copo tipo 
Chardonnay, após decantação.
 
Potencial de envelhecimento : Dez a quinze anos. 
Enologia : Rui Walter Cunha e Júlio César Teixeir

Consorte Arinto 2020 (Adega da Vara)

€21.00Price
    bottom of page